25.12.09

Foi tão meu !

Eu ainda posso me lembrar o quanto eu o amei, e a maneira como amei. Foi tão meu, você nunca soube a intensidade , nunca soube de nada. E hoje parece que acabou ou eu apenas fiz questão de adormecer tudo o que eu sentia. Eu o queria tanto, e por ser um sentimento tão sufocado, tinha dias que meu coração quase parava de bater. Maltratava, machucava, me fazia chorar na mais bela noite de luar. Aquele sentimento era meu, pertencia a mim e se você não se interessava por isso, era um problema seu. Foi quase um ano sentindo o que eu senti por você, e mesmo assim nada me favoreceu. Eu precisei mentir, esconder de tudo e de todos quando na verdade eu ainda o amava. Só que a decepção veio, o desgaste por esperar algo que nunca vai chegar fez questão de estar presente e foi assim, que eu desisti de você. Enquanto o meu coração batia por ti, o seu batia por um outro alguém e isso fez com que eu vivesse com uma faca dentro do peito por muito tempo, que fazia o meu coração sangrar e chorar de tristeza e raiva. Só que isso, passou.
O meu coração se quebrou em pedacinhos, e ele doía todas as noites mas eu fiz questão de concerta -lo novamente, e deixa- lo inteiro só que dessa vez, sem você ! Eu o deixei de lado, que as vezes até me esqueço aonde eu te escondi. Deve estar lá no fundo, bem guardado ou vai ver se desfez por se sentir tão abandonado dentro de um coração tão quente.


Quando meu amor por você era cego
Mas eu não consegui fazer você ver isto
Não conseguia fazer você ver
Que eu te amei mais do que você jamais vai saber
E uma parte de mim morreu quando eu deixei você ir !
/blind-lifehouse.

2 comentários:

Mariana Andrade. disse...

batida do coração é pra ser música que dê vontade de dançar.. quando se torna nostálgica, melhor largar.
ah, eu tava lendo teus posts aí embaixo, e eles são tão doces.. tão lindos.. tão.. tão.. sei lá, são tudo o que eu gostaria de falar. a oração do post anterior... bom, ela tocou muito meu coração. há tempos eu não me assentava pra conversar com o Senhor. acho que o Natal é uma boa data para tamanha reconciliação.

obrigada por me fazer tão bem com tuas palavras (:

ana disse...

você escreve bem, muito mesmo.
é ruim amar alguém que não mereça isso, mas depois de passar por isso e superar, a gente acaba crescendo e talvez até aprendendo a gostar um pouco mais da gente.
não sei se com vc aconteceu isso, espero que sim.
te segui :]