27.4.12

O bom de ter amigo homens.


Se por trás de todo homem existe uma grande mulher, por trás de toda mulher existe vários homens. Mulher sabe ser masculina e conviver mais com homens do que com mulheres, torna essa caracteristica ainda mais acirrada.  Mulher tem amigas ótimas e amigos maravilhosos. Amigo homem liga a hora que quer, manda mensagem, te derrotam no Xbox, te vêem chorar, dá chocolate se você pedir, te bate sem ser nomeado de covarde, escuta seus lamentos as 4:30 da manhã e não somem. Dão atenção, carinho, amor, abraço e o mais legal: informações. Um amigo homem  te livra das garras de um canalha e não te deixam, por nada nesse mundo.

Eles podem ter todos os defeitos do mundo, mas sabem ser sinceros. Não vão te enganar se o cara que você está saindo é um tremendo de um idiota, muito menos  te confortar com desculpinhas. Homens não são como  as mulheres, que se iludem com todo e qualquer detalhe e se amarram em mentirinhas só pra não ter que encarar a realidade: Ele não está afim de você ou ele está te enrolando ou ele só quer te... É triste e machuca, mas homem é homem.

Eles falam na linguagem nua e crua. Explicam os sinais, narram os próximos  passos de um imbecil e por mais que você queira se iludir, sempre tem aquele amigo pra te lembrar que você está fazendo isso errado. Então, sem perceber, uma mulher vai começando a perder a essência do romantismo. Sem perceber, ela vai se tornando fria e indiferente. E é assim, que uma mulher aprende a ser mais racional e menos emocional. Quando entra no mundo masculino e percebe que na história da chapeuzinho vermelho o personagem principal é o lobo mau.

Mulheres que participam do "mundo dos homens", criam suas armaduras. Vão aprendendo a lidar com as circustâncias, vão aprendendo a jogar. Homens pra conquistar mulheres que possui um exército te protegendo, tem que ser bom no que faz. Apenas isso. É que ter muitos amigos homens, às vezes, faz uma mulher se sentir um também, exceto se não fosse um útero que sangra por sete dias no mês, exceto se não fossem portadoras de um sentimentalismo frenético baseado em contos de fadas.

Anna Carolina Morato.

14.4.12

A falta que alguém certo me faz.

Eu não vejo graça em ser de todos e não ser de ninguém. Não vejo mesmo. Qual a graça de pegar todo mundo e chegar no fim da noite e não ter ninguém pra te ligar ou mandar sms desejando boa noite? Não existe nenhuma graça nisso. Sinceramente, eu não nasci pro casual. Não nasci pra essa coisa de beijar por beijar, transar por transar. Francamente, meus pais não me deram uma boa educação para sair por ai me perdendo e me doando por homenzinhos meia-boca. Às vezes, me sinto uma peixinha fora d'água. Eu não deveria ter nascido nesse século. Eu sou da época do romantismo que amor é pra vida inteira. Mas olha só, onde eu estou vivendo? Um "foda-se" é mais sincero que um "Eu te amo". Isso machuca. Machuca a banalização do amor e afins. Machuca a banalização de tudo. Machuca porque eu ainda acredito no amor verdadeiro. Acredito que o que vem de dentro ainda é mais importante que o que vem de fora!

Tudo isso me faz pensar no quanto alguém certo faz falta.  Os caras que eu conheço, na grande maioria, ou são babacas demais ou são canalhas demais. Que tédio! Quando é que acharei um diamantezinho  no meio de tanta bijuteria vulgar? Me diiiiz!  Se você soubesse o quanto a falta de alguém interessante me faz . . . Eu preciso de alguém que suporte todos os meus ataques de histerelismo e que não me julgue por ser tão gay, tão estupefata, tão escandalosa, tão nojenta. Alguém que entenda minha dupla personalidade que ora é apaixonada, atenciosa, legal, fofa e meiga ora é cínica, petulante, idiota, seca e desprezível. Alguém que acalme a minha tempestade, amorteça o meu hiperativismo, desative as minhas bombas - relógios que estouram a cada cinco minutos. Alguém que ouse, mesmo que sem sucesso, me domar. Só pelo prazer de ousar. Alguém que me desafie, que me tire do sério todas as manhãs, mas que me dê todo o amor do mundo todas as noites. É tudo tão simples! Eu sou mulher de um homem só. Só que a mulher do homem que aguentar acirradamente o tranco de me amar.

Cá entre nós, não acho nenhum pouco legal pessoas que acham que ser solteira é a melhor coisa da vida, só é a melhor coisa quando você não tem alguém incrível ao seu lado. Até os mais cachorrões de todos os cachorrões, no fundo, quer encontrar alguém pra chamar de "minha". Ninguém quer ser sozinho quando se pode ter alguém pra compartilhar. A questão é: Achar esse alguém. Eu analiso tudo em um homem, mas poucos me agradam. Poucos me servem. É sempre muito o que eu quero e é sempre muito pouco o que podem me oferecer. Então, é preferível ser feliz sozinha porque ter mais dor de cabeça do que massagem nos pés, não é relaxante. É perda de tempo.
  Anna Carolina Morato.

5.4.12

Tudo errado.


Em uma tarde qualquer de outono, você se pega pensando: "O que é que eu tô fazendo? Onde é que eu tô com a cabeça?" Então você percebe que tá tudo errado. Você. Sua vida. Tudo. Tudo tá errado e de cabeça pra baixo.  Você que sempre mediu as consequências dos seus atos, não tem medido nenhum mais. Você que sempre julgou quem age por impulso, agora é a única coisa que sabe fazer. Agir por impulso. Falar sem pensar. Por aí vai . . . Você se sente uma verdadeira mulher de lata. Insensível e sem coração. Tratando tudo e todos com frieza, sem emoção. E qual a graça disso tudo? Não sentir não tem graça pra quem sempre sentiu tudo profundamente. Às vezes, acontecem certas coisas na vida que te faz mudar sem perceber. Que você vai indo, indo, indo e quando vai ver está um passo do precipício. Você se olha no espelho, fixa o olhar por um tempo e reconhece: "Essa não sou eu." Então você conclui que precisa voltar a ser quem você era antes de se transformar em quem você nunca seria. É! Tudo pode se perder nessa vida, inclusive uma essência, mas a última coisa que você deseja perder nessa vida, é o seu eu. Quando você começa a errar muito, erros atrás de erros atrás de erros e mais erros, a consciência berra: "Relhóu, você não é assim."  Então você começa a sair do seu estado de insanidade atrás de uma realidade, da sua realidade. Você começa a rever seus conceitos, suas atitudes. Tudo errado! Você é errada. Extremamente errada e não importa o que dizem para aliviar a sua barra, você continua se sentindo péssima SÓ porque você não consegue se perdoar, SÓ porque você não quer aceitar a vida como ela é. Você se confunde e se perde e se confunde e se perde e se perde e se perde e se perde. Lá vai você, com um papel e uma caneta tentando colocar endereço em cada lugar do seu coração, porque no fundo, você se conhece. Você sabe exatamente quem você é, você sabe de tudo só que você, às vezes, se trai. Sai de fininho. Pula a cerca. Você quer férias, só que você não sabe como é viver sem você. Então,  você se larga e se trai e se machuca e se sacaneia, mas não se deixa. Você não pode se deixar e é de tanto querer ir, que você nunca vai, você sempre fica. Fica porque você é o seu maior amor, e amor assim, não dá pra viver sem.

Anna Carolina Morato.

2.4.12

Tarde demais pra se arrepender :/


Quando você gosta de alguém em silêncio, passado algum tempo, o sentimento se desfaz. Você luta tanto para não sentir aquilo e quando vai ver, já se convenceu de que não sente mais. Você esquece, digo, acha que esqueceu! Então, de repente, as duas vidas se cruzam e você descobre que se gostavam, onde até então você achava que era a única que tinha começado a se apegar de maneira errada, só que não. Ele sentia o mesmo, mas você não sabia. Como é que você imaginaria? Você pensava que ele jamais poderia gostar de alguém como você, mas enfim, ele gostava de alguém como você. Por quê agora? Por quê SÓ agora que vocês foram abrir o jogo um com o outro? Palhaçada dessa vida. O jogo só foi aberto, porque você, no auge da sua euforia soltou um: "Eu gostava de você aquela época." Você sempre faz isso, depois que passa, sempre diz para eles que gostava ou que era afim ou que morria de vontade de beijar a boca. Você fala porque passou mesmo. A sua petulância de subestimar os sentimentos do próximo foi o que causou o estrago completo, porque você acha que só você sente, os outros não. Você acha que é pouca demais pra conquistar o coração de alguém, mas sempre tem alguém pra te provar com A+B que você não é.  E você vivia no coração dele e ele vivia no seu coração, mas vocês não sabiam. Que coisa mais chata.

Qual é o preço que se paga por esconder um sentimento tão bonito e tão sincero de alguém? Você se arrepende por ter sido fraca, medrosa e infantil. Você se arrepende por ter sido. Mas arrependimentos chegam sempre tarde demais. Tarde demais pra mudar alguma coisa.Você percebe que gostar em silêncio não é legal e que de tanto sufocar um sentimento, uma hora ele desperta e volta com tudo. Você sente seu coração como naquela época, sente o sentimento e sente o arrependimento. Só que arrependimento não traz ninguém de volta, não vai traze-lo também. Você percebe que chances são perdidas por bobeiras, pelo simples fato de não falar o que realmente quer, pelo simples fato de querer carregar tudo sozinha. Quando você o abraçou, sua vontade foi dizer: "Volta pra minha vida vai!" mas tudo se resumiu em: "Eu senti tanto sua falta". Ele abraça ainda mais forte, seus dedos se afundaram em seus cabelos. Silêncio.Você sabe que as coisas não são tão simples assim . . . e agora é tarde demais. Você sabe, é tarde demais pra se arrepender.

Anna Carolina Morato.