21.12.09

E as palavras !

Bem, eu já usei muitos as palavras em forma de discurso mas hoje eu opto por usa-las em forma de texto e enquanto ao falar, eu fico apenas com o necessário mesmo , ou um pouco a mais do que isso. E como todos sabem, de uma maneira ou de outra, sempre omitimos a verdade com palavras mais doces ou menos dolorosa, o eufemismo é a chave. Aonde eu estou querendo chegar é que usamos as palavras tanto para iludir quando para machucar porque a palavra, não é uma simples palavra sequer, tem a capacidade tanto de levantar como de destruir alguém ,as vezes chega a ser tão violenta que é preferível ter levado surras do que ter ouvido cada palavra dita, elas entram rasgando, percorre todo o seu corpo e estaciona bem no coração fazendo o sangrar . E bem, as palavras possuem fisionomia .E além disso, sempre existe um por trás que poucos vêem , ou sequer nem conseguem enxergar. E quando uma frase é escrita, mesmo que ela não seja ambígua, ela tem um por trás. Um motivo pelo qual a pessoa quem escreveu escolheu aquelas palavras para se sintonizarem. É , as palavras e o seu poder ! É completamente inexplicável, indecifravel.
E ao mesmo tempo que são minhas cúmplices, eu as odeio. E quando esse ódio nasce dentro de mim, eu fico com o silencio. Que não diz nada, que não escreve nada, que não demonstra nada, é apenas silencio por um instante e depois que tudo passa, a palavra volta para o seu lugar. Porque a palavra é a palavra, e por mais que seja falsa, enganadora, fingida e entre outras coisas mais, ela nunca vai deixar de ocupar o seu devido lugar,assim como agora!

3 comentários:

''Tay' disse...

Palavras tem um poder do qual nem as pessoas que falam ou escrevem reconhece.
Adorei o texto,

bjus =*

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Eu tenho raiva mesmo é das palavras que surgem na minha mente! Que não se pode controlar... as indomáveis palavras dos nosso sentimentos e afins.!

Ótimo texto! (;

Mel Almeida disse...

Eu estava pensando ontem justamente nisso:
O poder contraditório das palavras.
E pensei em postar algo sobre,
mas acabei desistindo...
Quando cheguei ao seu blog e vi
esse texto, fiquei surpresa, pois
você conseguiu escrever tudo que eu
queria e não tentei, ou não
consegui!
Belíssimo texto!
Parabéns!
Tô seguindo... ;D
Abraço