28.12.10

Uma vida em 365, dias !

Se eu tivesse que dizer apenas uma palavra a  vocês, seria : Obrigada!

Janeiro: Na primeira semana de dois mil e dez, eu perdi meu celular e a minha camera digital estragou, belo começo não?!  Matei a saudade dos meus parentes de Iguatemi, fiz aquela visita básica ao Paraguai e comprei pringles, muitas pringles. E quanto ao resto de Janeiro, nem me lembro mais, rs.
Fevereiro: Acampamento Ser ou Não Ser, instrumento de Deus, cheia de unção. Vários milagres diante dos meus olhos. Cura, libertação, perdão.
Março: Andando na contramão, tentando manter a vida no altar, buscando a Deus, ajoelhando e orando para enfrentar as batalhas.
Maio: Acampamento Cara a Cara com Deus, muitas bênçãos.Um abraço marcante, abraço de despedida. Uma semana antes da sua morte, nos encontramos na feira noturna, e como pudera eu imaginar que aquele abraço seria o ultimo, que aquela seria a ultima vez em que encontraria viva?  Saléria, minha amiga, minha guerreira está ao lado do Pai, esse é o  único conforto pra todos nós.
Junho: Mês de reviravoltas. Auto-estima já estava abaixo de zero e então, tive que reagir. Voltei ao tratamento do nutrologo e para a academia. Alguém tinha que mudar alguma coisa, e esse alguém sou eu, claro né, rs.
Julho: Nada agradável. A casa decidiu cair, a tempestade chegou e como eu não estava forte o suficiente e muito menos com a vida no altar, desmoronei.  Deus me deu forças para suportar tudo, mas também me deu  o livre arbítrio de escolher entre o caminho certo, ou não.
Agosto: O que rolou em Agosto mesmo? Me lembro vagamente dos fatos, só sei que a tempestade ainda continuava, no meu aniversário de 16 anos eu preferi não fazer nada, realmente eu estava muito triste.
Setembro: Começou bem, divertido até e apesar de não me lembrar muito, o mês nove foi bom, eu acho.
Outubro: Deixei meu coração falar TUDO que eu sempre guardei para a pessoa que merecia ouvir. Cresci de uma forma surpreendente, pelo menos pra mim. Estive prestes a explodir, sempre com o sangue fervendo, bufando de raiva.
Novembro:  Estava em uma fase de mudanças internas e com atitudes para colocar em pratica. Aconteceu muitos desentendimentos e talvez, perda de amizades. Demonstrei alegria enquanto o meu coração chorava e berrava de dor e aprendi que nem sempre o que eu quero é o que eu preciso e que  nem tudo vai sair do meu jeito sempre, É ! (para uma criança mimada como eu, essa é a pior parte de entender, mas eu tenho que confessar que aprendi muito com o que aconteceu naquela noite)
Dezembro: Não querendo menosprezar os outros meses, mas o doze foi o MELHOR! Claro, os primeiros dias eu estava muito cansada mas logo foi aliviando. O terceirão me aguarda  e a minha auto - estima ultrapassou 100%. Estou sorrindo não só por fora, mas por dentro que é o mais importante de tudo. Foi o mês que eu mais aproveitei , talvez porque eu me  sinta maravilhosamente bem com tudo e com todos.  E colocando na balança dois mil e dez, eu tenho que dizer que foi um ano excelente, apesar de tudo.
Agora, falta apenas três dias para dois mil e onze... Então vem 2011, vem ! 

Agradecimentos finais :
Primeiramente, eu agradeço a Deus. Agradeço pelas bençãos, pelos anjos, pelos alivramentos, pelos meus dons, pelos espinhos. Agradeço por cada lágrima, por cada sorriso, por cada tombo, por cada vitória. Agradeço por me amar e por me fazer filha e mesmo que agora, eu não esteja no caminho certo, eu agradeço por não desistir de mim, NUNCA!
Agradeço aos meus pais, que fizeram de tudo por mim esse ano. Por cada chamada de atenção, por cada exigência, por cada presente, por cada carinho e afeto, por  tudo!
E por fim, a todos aqueles que estiveram presente em minha vida, que cuidaram, que sorriram, que cantaram, que dançaram, que divertiram, que entenderam, que amaram, que brigaram, que escutaram, que choraram ... a estes, tudo o que eu tenho a dizer é : OBRIGADA! *-*

OBS:  se você não estiver na montagem, não se preocupe, isso não quer dizer que você não seja importante :)

4 comentários:

isabella M. disse...

Todos anos tem altos e baixos, mas o seu parece ter sido superado e bem aproveitado! Enfim, um ótimo 2011 pra você!

Larissa disse...

Esse foi o ano das mudanças. E eu fiquei feliz de ter acompanhado a maioria delas. Saber que você se ama acima de tudo me faz acreditar cada vez mais que tudo é possível.
Desejo a você um feliz 2001. Que seja um ano de novas mudanças, para melhor. Continue se amando, cada dia mais. Cultive o seu coração e não escolha muito as pessoas para estarem aí dentro. Deixe que elas consigam por si só o merecido espaço.
Você fez uma diferença enorme na minha vida, principalmente nesse ano, e sou eu que agradeço por fazer parte da minha vida.
Eu te amo, pequena Anna. De verdade.

Um beijo.

Youko Watanabe disse...

2010 foi realmente um ano intenso.. que venha 2011 cheio de frutos e de colheitas! Beijos

karoline f disse...

E que 2011 possa ser o melhor ano de nossas vidas! Obrigada por estar presente por todos esses anos em minha vida amiga s2