4.8.10

para você, meu amigo.


Oi, como vai você ?
Desculpe - me a demora à escrever, mas confesso que foi por orgulho. Assim como você, só que a diferença entre eu e você é que eu consigo quebra-lo as vezes. Não vou ocupar muito o seu tempo que deve ser muito mais construtivo estar fazendo outra coisa do que estar lendo o que tenho a te dizer, mas tudo bem. Serei mais breve possível. Primeiramente, aconteceu alguma coisa? Você não me ligou mais, não mandou noticias e nem sequer conversa mais comigo. Suas atitudes tem me intrigado e me deixado duvidas quanto a respeito. A culpa tem sido minha? Se for, me diga! Estou um pouco perdida, já não sei mais o que se passa. Você certamente sabe o quanto é importante na minha vida, e eu preciso ter você sempre por perto mas quanto a você... bem, deixa pra lá, falamos disso uma outra hora. A razão de estar escrevendo é por não aguentar mais ficar longe de você, ou melhor, você longe de mim. Ainda somos amigos, não somos? Bem, eu espero que sim!
Sabe, as vezes eu queria saber de você tudo aquilo que eu não sei , só que você nunca me diz nada, tudo que sabe fazer é desviar e ainda acha que está tudo bem. É, estaria sim se você não estivesse com toda essa indiferença. Eu não sei se essa minha tentativa irá funcionar, mas as minhas intenções foram as melhores possiveis.Não sabe o quanto está sendo dificil aprender a conviver com a sua ausência.O que quero dizer é que eu sinto sua falta e apesar de tudo, eu só não queria que nosso laço se arrebentasse.
Agora, você certamente está lendo minhas ultimas palavras que não seria nada mais digno do que dizer que eu te amo muito e não quero te perder , meu querido amigo! ♥

Faça o que quiser, esta carta era o que eu queria dizer, apenas não se esqueça de nada dito.

8 comentários:

Flávinha Ximenes # disse...

Ler essa carta foi como se eu tivesse escrito para meu amigo =/

aiii ://

ta lindo ammg! *-*

Flávinha Ximenes # disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

mila disse...

que lindo!
acho que o pior é a indiferença, é o não dar sinal de vida :~

beijos, queri :*

Anonymous disse...

que lindo *-*
até a próxima postagem!

Patrícia Azevedo disse...

ops, fiquei como anônimo! kkkk

mila disse...

tem selinhos pra você no meu blog! :3
beijos :*

Bruninha disse...

Minhaaaa queridaaaaaaaaa!!

Que honraaaaaa, muitooo obrigada pelas tuas palavraaaaaaas, pelo carinhoo!

Esperoo que volteeeee sempree ao meu cantinhoo, terei prazer em recebe-laa

ah Jujubaaaaaaaa teu blog é um encantoo, adoreeei e quero sempre estar por aqui!!

Bjinhoooos

Brunno Lopez disse...

Não sei se escrevo espelhos, mas fico feliz que veja seu reflexo no Teatro.

Quanto ao seu texto, isso sim é honestidade. Isso sim é a amizade em palavras. Eu gostaria de ler isso sobre mim.