20.9.11

Quase paixão.

E de repente . . . Alguém entra na sua vida e diz: Satisfação, eu sou tudo aquilo que você sempre quis. Te olha nos olhos, sorri de meia boca e você vai ao delírio. Que loucura, como pode? Chegar assim e provocar sensações. Audacioso. Admirável. Me tira do sério, definitivamente. Enlouquece. Faz bem. Ah! Se você soubesse o quanto você me faz bem. Eu gosto de ter você por perto, gosto de conversar com você, de sorrir com você, de olhar pra você sem você notar. É, eu gosto de tudo em você. Meu coração até pergunta: " Por que não? É tudo que você sempre quis mesmo..." Mas não coração, não. Não é assim que funciona, você bem sabe. O medo de alguém massacra-lo é tão grande que entrega-lo é custoso. Logo agora, que você aprendeu a sobreviver sem a ajuda de uma bengala. Não vou deixar que te maltratem fácil assim... você, sou eu.  Lembra? 

Anna Carolina Moratto. 

Um comentário:

- maria isabella . disse...

às vezes os sentimentos são tão reais mas a realidade ja é outra! tudo o que sonhou, apenas não há ligação entre dois. e quando for pra ser, vai ter tudo isso. só acho, hihi beijos :*