27.9.11

I'm Bad.



Eu  tenho a mania de não falar pra ninguém quando estou mal, muito pelo contrário, não falo nada. E se perguntam, digo uma palavrinha, pra não ser mal - educada. Mas, a minha tristeza é tão grande de não se caber dentro do coração. De querer chorar e não conseguir. De sentir essa coisa dentro do peito, amarrando. De chegar ao ponto de virar pra alguém e dizer: " Eu tô mal, eu tô muito, muito, muito mal mesmo." Agora, não pense vocês que a maneira como me encontro é culpa de alguém. Negativo. Se existe alguém culpado, esse alguém sou eu. De verdade, não há sentimento pior do que o de culpa. Fracasso. E é assim que me sinto embora não devo, afinal... sou digna por todo esse meu sacrifício. Mereço, mereço muito. Um tombo, dois, três... e daí? Todo mundo cai, eu sei. Só que tudo é muito novo, assusta. Sabe? Causa um desespero. Um medo gigantesco. E essa indisposição... o que fazer? Bate um desanimo, um desejo tão grande de chutar o balde. Ah! Como é difícil. É péssimo, pessimamente, péssimo. Eu só preciso reagir,  ter o controle da situação novamente. . .  e continuar, mesmo fadigada.  :///

Anna Carolina Moratto.  

Um comentário:

isabella M. disse...

Força! Toda força do mundo!