19.3.10

e quanto a você . . .

Você é o assunto pelo o qual eu não quero mais tocar, aquele que eu cansei de discutir . Não quero mais saber. Só que mesmo assim você vem, vem de mansinho! Chega tomando espaço, o seu espaço dentro de mim.Não me deixa descansar, parece que gosta de provocar.
Não sabe se vai, não sabe se fica; Não sabe se vira fogo ou apenas cinzas. Permanece !
Desconcerta o meu coração, deixa - o do avesso, bagunça do começo ao fim mas mesmo assim eu o amo, mais uma vez.
Deixa a saudade do que já aconteceu e do que ainda está para acontecer.
Não sei dá onde vem, tudo que sei é que é amor. No silencio o desejo de estar , a vontade de dizer e razão de um olhar.
e quanto a você, eu o observo de longe com a esperança de que um dia eu possa te olhar sem medo de me entregar !

6 comentários:

Ana Flávia Dias disse...

você escreveu tudo aquilo que eu queria falar .
muito lindo Anna.

Não sei da onde vem, nem sei pra onde vai .. só sei que esse amor pra sempre vai durar ♫

;* beijo gata!

Ma.chine disse...

Nuss...
Anna, que sensação ruim né?
medo, desejo reprimido e saudade...

Aaaaaah... detesto homens que não se decidem..

Mas vc, seja lucida e forte por vc, pra não se machucar... pra não deixa-lo dominando a situação, e que sua vontade tbm seja respeitada.

Homens ... são mesmo todos iguais nã?

ô raiva desse feeling du mal...

Ótimo final de semana pra você linda!

boa Sorte!
beijo

Dani disse...

Nossa, este texto e muito lindo!

"é dificil dizer oi, quando a vontade é de dizer eu te amo"

lindo, lindo, lindo!

Rebeca Rocha disse...

ah o amor..
como sempre, sem explicação.

Larissa disse...

Que medo é esse de se entregar? Arrependimento, talvez? Não se reprima, amiga! Mas também não hesite.
Sabe que estarei aqui pro que precisar.

Te amo (L)
Um beijo.

- disse...

entrega eh uma coisa mt complicada mesmo , requer mt doacao e disposicao pra se machucar e tbm seer feliz ; se cuida . beijos