9.1.11

Sad.

Eu não pude controlar, eu precisava falar embora não seja nem a metade do que eu ainda preciso dizer. Os meu gritos se transformaram em lágrimas de fúria. Minhas mãos tremulas e meus olhos de jabuticabas, avermelhados. Naquele quarto escuro, encharquei o  meu travesseiro sem dó e chorei tanto que não vi qual foi o momento em que cai num sono profundo. Ao acordar, com os olhos inchados, minha cabeça latejava e meu coração, agora mais calmo, ainda enxugava as lágrimas que derramou. Meus pensamentos não querem admitir, eu não quero ter que me desfazer disso. Eu quero, ponto! É pedir muito?!:/

3 comentários:

Juliano disse...

Eu também tenho muito pra falar, mas me falta a devida coragem. Eu queria muito acabar com essa sensação estupida de sentir, e não dizer. =/

Beijooooos

AnaXimenes disse...

Oi linda..
tem um selinho pra vc lá no meu blog *-*
é um presentinho pra vc!

http://aninhaximenes.blogspot.com/2011/01/selinho.html

beijão, fica com Deus :*

karoline f disse...

Passo por isso constantemente... até parece ser eu escrevendo!