22.11.10

Storm!

Eu passei a minha vida acreditando em uma mentira e eu tenho aguentado firme todos os dias. Honestamente, eu queria conseguir confiar em você, só que é inevitável. Eu tento acreditar que a tempestade já acabou, mas eu estou fingindo tudo isso e então eu me questiono: " E quando não der mais pra fingir? O que vai acontecer com você  quando eu realmente não aguentar mais? E quando todas as mascaras cair?" Pouco a pouco eu tento digerir essa história. Em pensamento, eu pedia para que não tocasse nessa ferida, mas infelizmente, você conseguiu mais uma vez. É como se você soubesse onde está toda a minha fragilidade. Cada vez mais eu me afasto de você e se alguém me perguntar o que você significa pra mim, certamente não saberei  o que dizer. Doí, doí muito porque você não traiu só a mim, mas todos aqueles que sempre esteve ao seu lado e todas as noites  eu busco um conforto, procuro pensar em algo que possa aliviar por mais doloroso que seja.  Tudo  que eu mais peço a Deus, é forças para conseguir superar, pra permanecer em pé porque sozinha eu não vou conseguir;

 Eu precisava colocar todo esse sentimento em palavras porque eu  estava começando a ficar exausta!

Um comentário:

Simplesmente, Adriana... disse...

Quando a gnt segura muito uma coisa, sem necessariamente resolve-la, ela cresec dentro do peito até sufocar... ou até estourar!
Não há espaço pra dividir essa "coisa" com a paz q a gnt quer...
Adorei o seu texto!