5.10.09

dia daqueles s:

E mais uma vez eu estava naquele mesmo lugar pelo qual me encontrava todas as noites. Só que a única diferença é que aquele silencio me assustava, e a falta de luz me amedrontava cada vez mais. Era um vazio intenso, e tudo que eu podia sentir era minhas lágrimas caindo pela minha face e molhando meu travesseiro enquanto escutava o meu coração gritando por raiva e tristeza. Eu sentia a necessidade de ter alguém pelo qual conversar, alguém para que eu pudesse desabafar e chorar mas eu não tinha, não naquela noite. Tudo que eu precisava era só de uma voz amiga mas eu não tive , não naquela noite. A hora passava, e tudo o que eu queria era me desligar mas parece que até o sono se assustou comigo. Eu rolava de um lado para o outro, e não me sentia bem de forma alguma,estava desconfortável.Quando finalmente consegui me acalmar , aquele sono delicioso veio só que já era então 6:00 da manhã, o despertador acabara de tocar, hora de levantar. Uma dor de cabeça terrível me acompanhava, e o meu corpo parecia que tinha sido surrado. Minha vontade era de ficar em casa, mas não posso fugir das responsabilidades assim. Na escola, passei a maior parte do tempo deitada na mesa, escorava em tudo que via. Estava absolutamente mal. Na volta para casa, o calor infernal e no almoço até a comida me fez mal. Tomei meu banho da tarde , me tranquei no quarto e tentei dormir.Mais uma vez, rolei pra cá e pra lá.Só que dessa vez o sono veio mais rápido.Quando acordei, a dor de cabeça continuava, mas já estava fraca e meu corpo continuou com a mesma sensação ruim. Agora, a noite começa a cair, isso já é sinal de que mais um dia está a terminar :/

11 comentários:

Larissa disse...

Pelo menos os dias ruins passam rápido :x

Um beijo.

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

O.o' Confesso que também me surpreendi ao ler o seu texto, Anninha.

Nesses últimos eu passei por algumas noites mals dormidas também... a forma como voce descreveu no texto foi muito similar ao que aconteceu comigo.

Encontrei meu remédio ao começar a conversar com Deus, um diálogo que começa temeroso e com muitas indagações, mas que termina calmo... logo você já está em Seus braços, dormindo como um bebê. O barulho do despertador é apenas um lembrete de que Ele mais uma vez de dá a oportunidade de brilhar.

Levante! Deixe que Ele brilhe em você!

p.s: Me desculpe pelo sumisso.. deixei um post de esclarecimento.. (: Beeijos!

~*rafasonehara disse...

ain ainn
anninháa.. não gosto quando vc fica assim.
e sempre sempre eu vou estar com vc!!
qualquer coisa vc sabe née é só ligar
que se eu tiver perto do cel
eu atendo!!
vc merece toda a felicidade do mundo
e que o seu sono seja tranquilo e sereno
qualquer coisa mesmo é só falar amigaaa
beijos
:*

Thiago disse...

Ah, tem dias que vivo do mesmo jeito --' que vc colocou no texto. Depre total D=

Leandro Martins disse...

melhoras *.*

Daniela disse...

Péssimo quando isso acontece ...
Melhoras (2

Daniela disse...

Selinho pra você no meu blog ú.ú

lukket disse...

a daniela adora seu blog. CONFESSEI
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
enfim...o jujuba é ótimoo

Sofia disse...

melhoras! [2]
beijos,
Sofia
(http://pirulito-no-palito.blogspot.com/ - de lay novo!)

/carla disse...

Melhoras! [3]
Selo pra você no meu blog! ;*

Leandro Martins disse...

tem selo pra vc!