28.9.09

Uma carta, imaginaria :)''

Eu sempre achei que não daria certo, que você e eu não combinava e coisas do tipo.
Sempre me preocupei com o que pensavam, com o que falaram e com todas as opiniões alheias principalmente dos amigos em comum. E pra começar eu nunca quis, nunca quis começar nada com você, o que mais tinha medo era de perder aquela amizade que existia embora já tivesse rolado climas, eu não queria perder por nada. E quando ficamos juntos desde a primeira vez, eu gostei mas não queria continuar. Acredito que aguentei muito tempo algo pelo qual eu não queria viver.Fiz de tudo para que terminasse, e como eu quis, terminou ! Mas nesse fim, eu me surpreendi completamente,
Eu não esperava que você pudesse ter tal reação, mas teve. E a maneira como você agiu é o que faz com o que eu me sinta assim hoje, loucamente apaixonada.
Você começou a me ignorar, o tão largo sorriso se diminuiu para meio sorriso,
De conversas gigantes o assunto encerra em como foi seu dia ?
Parece que o seu objetivo era conseguir chamar a minha atenção, e pra ser sincera, você conseguiu. Cada vez mais eu sentia a sua falta, e mais ainda a necessidade de te ter do meu lado, mas eu não podia voltar atrás e me humilhar,não mais.
Um sentimento forte ia crescendo dentro de mim, eu estava começando a gostar de você,de uma forma que nunca havia sentido antes, de uma forma que eu jamais consegui sentir por um outro alguém, mas eu estava sentindo por você . Pra mim, isso acabaria logo e era só um amor de verão , mas não acabou e hoje continuo gostando de você com a mesma intensidade.Eu nunca permiti que percebesse,como eu sempre fui a errada sufoquei esse sentimento por medo de achar que você nunca me daria uma nova chance de te mostrar que é você quem eu queria de verdade. É por isso que escrevo esta carta, porque sou covarde e não consigo olhar nos teus olhos e ver que eu te perdi por não ter dado valor enquanto você era meu e somente meu. E mesmo você não voltando para os meus braços, eu só queria que soubesse, já não mais consigo sufocar isso dentro de mim.Saiba que durante todo esse tempo, foi você quem eu amei e ainda amo. Me desculpa por ter de deixado partir.

/metade fatos reais, metade invenção da minha cabeça'-' . Eu senti uma vontade de escrever uma carta assim, pro nada , uma carta imaginando algo que ainda não aconteceu e deu nisso :)
Há pedido da rafaela sonehara , eu coloquei pra com partilhar com vocês também, rere *----*'
Acreditem, eu não estou apaixonada e muito menos as coisas toda que escrevi na carta acima \o/'

15 comentários:

Iris Gimaiel disse...

Nossa, eu acreditei hahaha. Parece historia de filme. :P

Aninha Leme disse...

Puta merdaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
assim vc me arrasa!
hahahaahha
adorei! escreveu bem, mandou bem!
e ainda bem que era mentirinha, porque sofrer por essas coisas é uma MERDA!

besosss

Juliano disse...

Se ta de parabéns anna.! Ta escrevendo cada vez melhor. Espero que a parte que vcê disse que sempre se preocupou com as opiniões alheias, seja ficção. Por que a gente não deve dar tal importância a isso, quanos nos diz respeito.

Beijoooos Anna e ótima semana pra você

Larissa disse...

Quem lê até acredita. Confesso que fiquei emocionada :')
Sinto falta dos seus comentários :~
Não suma, tá?
Um beijo.

Mariana Andrade. disse...

aaah, nem preciso dizer o quanto o texto está ótimo. só uma observação: eu vivo escrevendo cartas pra ninguém. e guardo todas elas. o mais incrivel é que eu ainda espero uma resposta..

bjão ;*

Madame Morte disse...

Ninguém imagina do que somos capazes quando não temos nada pra fazer,rs.

Quanto ao amor...o novo sempre é mais forte e mais intenso que o antigo, sempre é o mesmo lance de "nunca senti isso por alguém antes e nunca foi tão forte e bliblibli".

O melhor do amor e da saudade, é que uma hora, teminam.O único amor de verdade é o amor próprio.

Sami *-* disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

Juju disse...

Menina arrasou, hein?!Não sei se essa parte é ficticia, mas eu tembém me preocupava muito com a opinião dos outros, mas agora tô nem vendo...Kkkkk

Beijujubas

~*rafasonehara disse...

anninháaaaaa vc acredita que
eu fiz o tal do brigadeiro e acho
que ele vai mofar na geladeira pq
toda vez que eu como eu penso
quilos a mais e não como ;x
nada a ver néee
mais eu travoo na hora de comer brigadeiro ASUIHIUASHIUASH

é issoo aew sem nenhuma paixãoo pra atrapalhar vc
a encontrar o caminho certo a escolha perfeita e a pessoa ideal
pq vc merece o mais gatz o mais gentil o melhor!!!!!!!!

beijos beijos

HoshiL. ★ disse...

hmm pode até não ser verdade. mas o post é realmente lindo. *-*
seguindo. \o

Leandro ૪ disse...

Ahaaa, já tava acreditando anna!

/carla disse...

Sabe, já fui de ligar para o que os outros dizem, mas cansei também x) a vida é minha né ;D

moo disse...

Adorei DEMAIS a carta, ela me fez lembrar de alguem .-.

beeeijos Juh! :*

Sofia disse...

Oi, como vai?
Escreveu superbem. Eo sou o 14º melão *--*
Beijos,
Sofia
(http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)

Twittando a Vida disse...

Adorei...bem profunda ...e marcante'

bjos' e atés