28.9.09

/ tive que falar :/

hoje tá um dia otimo e eu estou otima, mas preciso escrever sobre algo que jamais tinha escrito antes ;@ Tipo, minha mãe me colocou de castigo ontem . o porque? por eu não ter feito nada, nada . Sabe eu faço as coisas sim, mas é do tipo operação tartaruga e isso deixa ela p* comigo então ontem ela se estressou , gritou até e as mesmas coisas de sempre pelo qual eu já estou acostumada .Me chamou até de sinica, dissimulada e ordinaria. Sinica até posso ser e não nego , mas os outros já não sei não >.<' . Enfim, se ela tá cansada de mim,e quem disse que eu não estou cansada também? poxa, é todo dia as mesmas coisas, se não é comigo é com o meu irmão , mas todo dia é gritaria, sermões e tudo mais! isso cansa qualquer um,tudo bem que ela sofre de varios problemas incluvise depressão,mas poxa ;s .E aqui eu não posso dar a minha opnião pra nada, absolutamente NADA ! se tem algum assunto, que no caso as outras familias revolveriam juntas, com a opnião de todos , aqui não é assim.Meus pais resolvem e ponto. O que eu penso, o que eu acho não tem vez, não mesmo.
E as vezes quando eu penso em dizer achando que ao menos uma vez a minha opnião vai ser levada em conta, o que acontece? Puf, caem matando dizendo que eu não sei nada da vida. mas e eles?
eles sabem algo da vida ? não sabem também porque a vida é cada dia mais aprender algo novo.
e mesmo que eu não saiba, é só a minha opnião e nada mais , só que nem isso eles querem escutar.E então reclamam por eu ser tão fria, tão quieta em casa, tão cara amarrada.
mas são eles mesmo que me repreendem , que não me dão espaço para ser quem eu sou sabe?
Com o meu pai, eu não tenho um relacionamento bom, sou fria e não trato bem ele as vezes, e eu não entendo o porque sou assim, eu tento ser melhor mas não consigo. Com a minha mãe, eu até sou carinhosa mas então ela me dá esturrões e então eu me fecho. E com o meu irmão, o relaciomanento é o pior possivel, vivemos em pé de guerra e não temos nem contato fisico, pra terem noção, só nos abraçamos em datas comemorativas como aniversario dele ou meu, natal , ano novo e olhe lá . Enfim, é por isso que muitas vezes eu me sinto sozinha no meio de uma casa cheio de estranhos. Está bem que eu tenho a minha parcela de culpa e não fico atrás porque tenho um p* temperamento explosivo e sempre tenho escutar coisas como : você é insuportavel menina ! , talvez até eu seja mesmo. Mas sabe, é dificil pra mim . Eu vivo isso à dez anos. Quando eu tinha cinco anos, eu me escondia no armário quando minha mãe chegava do serviço porque morria de medo dela pois ela parecia um robô de tão estressada. Hoje não, hoje por tanto stress e serviço ela caiu na depressão e as vezes tem as crises , perde o controle e tudo mais. Enfim, só sei que aqui não tem dialogo, se você tenta dizer algo ,não te entendem , gritam e agridem com palavras. Nunca pensei que um dia isso pudesse mudar,porque como dizem : cada familia tem seus problemas. Mas se amenizasse, seria bom. E se meus pais tentassem pelo menos ser mais flexiveis, quem sabe as coisas não fossem melhor. Porque eu já sou flexivel até demais, engulo tanto sapo que as vezes acho que minha garganta é de elastico porque se eu fosse outra filha, eu já enfrentaria e falaria um monte de barbaridade , mas não . Eu fico quetinha, escuto , fico me corroendo de raiva por dentro mas não falo nada.E como eu disse que aqui eu não tenho vez mesmo, a maneira é desabafar aqui :/
Já mudando de assunto , estava pensando em fazer pisicologa.o que acham ? o.o'
ps: opiniões no comentários *-*

8 comentários:

Leandro ૪ disse...

hehe, eu tbm sou a mesma coisa com minha mãe. A gente nunca se da bem, e qnd eu tento ela estraga tdo. Psicolgia é MARA! Hehe

Fran disse...

Anna, chegou a ser engraçado você fazer todo esse desabafo e terminar com um "estava pensando em fazer pisicologa.o que acham?"
Mas mãe é assim mesmo, claro que stresse e depressão são assuntos sérios neh?! Mas aqui em casa é assim tbm, quando não é uma coisa é outra...
Psicologia é tudo de bom, sempre que vejo alguma reportagem corro pra assistir ou ler :)

Beeijos Flor!

Juliano disse...

Anna, chegou a ser engraçado você fazer todo esse desabafo e terminar com um "estava pensando em fazer pisicologa.o que acham?"
[2]

A relações entre pais e filhos são sempre assim anna, cheia de conflitos.

Beijoooos e ótima semana

- maria elis disse...

há um ano eu resolvi morar com a minha mãe. sim, todos os dias eram iguais aos seus, gritaria se não comigo com meu irmão, confesso que senti uma puta vontade de voltar correndo pra casa de minha vó, mas consegui segurar a barra. há três semanas voltamos a morar juntas novamente (no meio do percurso rolou uns obstaculos e eu fui parar na casa de minha tia). hoje em dia eu já sei como leva-la, quando sinto que ela vai começar a gritar, seja comigo ou um dos meus irmãos, me tranco no quarto e ligo o som no máximo.! (: atóron fazer isso.
meu pai, bem o meu pai não mais faz parte de minha vida ;~
adoro meus irmãos. brigamos sempre, mas no fim do dia dormimos os três de conchinha *o*

boa sorte aê na sua casa. as coisas podem não mudar, mas aprenda um jeito mais azul de levar isso, deixar a raiva de correr por dentro só fará com que seus cabelos fiquem brancos/ oi?!

psicologia é uma boa. ganha dinheiros pra se meter na vida alheia ;x

beeijas anninha ;*

ps: mal's o sumiço daqui ;$

Iris Gimaiel disse...

Sempre quis ir numa psicóloga, acho uma boa! :D

E cara, todos os pais são iguais, acham que sabem TUDO da vida, mas as vezes é melhor não contrariar.. eu já cansei de contrariar a minha mãe porque ela sempre usa os mesmos argumentos. Mas enfim, se você tem vontade, começa a ir na psicóloga e vê o que se passa dentro da sua cabeça, é ótimo. :D

Beijos.

gii manucelli disse...

mãe é tudo igual, se não esta gritando por um motivo esta gritando por outro, hauoahuaha. aiai viu ?! nem esquentaa meeu, mãe é assim ;)


beeeijão ;*

Juju disse...

Faça, pelo menos você vai passar a procurar enxergar as atitudes das pessoas pelo lado científico.Kkk

Beijujubas

Larissa disse...

Me "vi" no seu post hoje e eu entendo perfeitamente o que você tá passando aí. Eu mesma já passei por isso, tantas e tantas vezes e, como se não fosse diferente, tive que ir à uma psicóloga '-' A primeira impressão foi horrível, contava isso para meus amigos, eles me chamavam de louca (?) :s Mas com o tempo, fui tendo coragem e acabei me abrindo pra ela. Meu problema era bem diferente do seu, eu gaguejava muito e com o tempo, ela descobriu que o meu problema era engolir as coisas, não dizer o que eu realmente queria. Sei que não é o seu caso, mas tenha cuidado ao engolir as coisas demais, isso pode te fazer ser uma pessoa fria e isso não é bom. Tenta conversar, se eles vierem brigando com você, continue dialogando com eles, ou então, fale sobre o que você tá sentindo, ou então, procure um psicólogo, como eu fiz e deu certo!
E quanto à você ser psicóloga, pode ser algo bem legal. Não te conheço pessoalmente, mas é sempre bom tentar, né?! :)

Um beijo.