22.7.13

O quase poema que virou música! ♥

Eu sempre reconheci a minha eterna dificuldade para escrever um poema ou poesia e por isso opto pela prosa. Porém, resolvi "tentar" escrever um poema, mas só consegui escrever uma estrofe de quatro versos. Frustrada por ter conseguido escrever só uma estrofe, arquivei-o nos textos não publicados. Um dia, em uma conversa com o Léo Lopes, um amigo músico e compositor, mandei a minha tentativa frustrada de poema  e eis que o verso de quatro estrofes, ganhou verso e melodia. A minha frustração transformou-se em felicidade no momento em que ouvi a canção. A arte chama a arte, e aqui está a prova: 



POR TE AMAR
(Léo Lopes/ Anna Morato)

Acho que meu coração explodiu em mim
E minha explosão só eu ouvi
Os destroços em que me transformei só eu sei
O que restou foram cinzas que pairam no ar
Por te amar, por te amar

Porque te amei
Me entreguei por inteiro a você
Fiz o que não deveria fazer
Eu me entreguei demais, mas não mais
Mas não mais
Porque te amei, 
Eu calei a voz da razão
Enquanto ela me dizia que não
Eu me entregava demais
Mas não mais
Mas não mais
Não mais

A estrofe de quatro versos, seria apenas uma estrofe se  não tivesse mostrado - o pra alguém. Léo, agradeço e parabenizo-o por seu  magnifico dom de transformar coisas pequenas em grandes. 
E aos leitores, futuramente terá outra música composta por nós. É como eu disse, a arte chama a arte. ♥

Anna Carolina Morato.

2 comentários:

Anônimo disse...

oia só..parabens anna banana !

Brunno Lopez disse...

Anna, eu não esperaria menos de você.
Belo trabalho. Quando se trata de adaptar à música, é preciso muita sensibilidade...

E é justamente o que podemos enxergar aqui.