6.6.13

Velhice não é desculpa!

Era pra ser um dia comum de estudo, porém, aconteceu um fato marcante. Estava sentada em uma das mesas da cantina, acompanhada de um copo de café e um tablete de chocolate, enquanto observava aqueles idosos pelo corredor. Próximo a minha mesa,  estava alguns funcionários da Universidade e ao ver os idosos, alunos  da UMI ( Universidade da melhor idade), uma funcionária comentou: “Já estão todos velhos, querem aprender o que ainda? Vixi, olha lá aquele velhinho.” Ao dizer isso,  gargalhou  junto com os outros funcionários. Olhei-a e ao observar o meu olhar, sorriu. Retribui seu sorriso com uma fisionomia simpática e voltei-me para o rumo pelo qual seu comentário me distraiu. Continuei observando-os, enquanto suas palavras ecoavam na minha mente. Velhos. Velhos. Velhos. Bendito sejam eles, que mesmo “velhos”, buscam o conhecimento.

Sei que não posso julgar se a intenção dessa funcionária foi de mau gosto ou não, mas na minha concepção, foi um comentário ingrato. Quem é que defini a velhice?  A velhice é só o estado de um corpo. Este corpo pode até estar velho, debilitado e fraco, mas a alma... Ah! Que alma! A alma daqueles idosos ainda é jovem. Eles poderiam estar em suas casas, curtindo a aposentadoria ou aproveitando os netos. Mas não, estão dentro de uma Universidade. Quanta ignorância daquela Senhora! Sim, Senhora. O comentário foi feito por uma pessoa de idade. Que pena. Quem disse que o aprendizado é definido por idade? Nunca é tarde demais para aprender algo novo. O que defini o aprendizado é a força de vontade que cada um carrega dentro de si.
Anna Carolina Morato.

Nenhum comentário: