18.10.10

se você errar, BUM!

A minha paciência é uma raridade e o meu tom de voz é alto. Estou seca e receosa. Não meço mais minhas palavras e as vezes, deixo meu silêncio como resposta. São casos e casos, alguns eu já estou farta, outros eu ainda consigo tolerar. O descaso está constante, minha fala é impaciente e os meus olhos, distantes  porém atentos. Fico observando cada passo, cada olhar, cada palavra, cada tom de voz porque eu sei, estou cercada de flores que não dá  nem para sentir o aroma Eu não espero mais nada, nem de você, nem de ninguém. Me cansei dessa ilusão de criar expectativas, posso até ainda ter algumas, mas procuro olhar o outro lado da moeda, é melhor assim. Digo que essa maneira frívola de falar sobre esse assunto, é só porque eu já provei muito do sabor amargo da tal  decepção, até parece um campo minado, vai na sorte, se você errar, BUM! a bomba explode.

Um comentário:

Maíra disse...

Adorei seu blog! Estou te seguindo. Dá uma pasadinha no meu http://mairacintra.blogspot.com/ e espero que goste
Bjos